• (11) 3312-5299
SINDICATO DOS TRABALHADORES DA PRODUÇÃO, TRANSPORTE, INSTALAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE GÁS CANALIZADO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Confira as mais recentes informações sobre as negociações com a Comgás e GBD

17/09/2019
Após mais duas reuniões nas últimas semanas, a negociação com a Comgás sobre as alterações no plano de saúde parece aproximar-se de um acordo.
 
Num primeiro encontro, na semana retrasada, na sede da empresa, o plano manteve muitas dúvidas no ar, especialmente em relação à rede de atendimento aos trabalhadores aposentados. Como já apontamos em outros boletins, uma grande preocupação do sindicato porque são aqueles que mais utilizam essa conquista.
 
No ultimo dia 12, porém, conseguimos desfazer algumas dúvidas sobre esse quesito e chegaram a um resultado satisfatório. Mas ainda temos pendências em relação aos trabalhadores da ativa. Nesse caso, a questão é a rede de atendimento, já que a cobertura terá que ser semelhante ao que já dispõem na Sul América e ainda coparticipação que precisa ser melhor detalhada pela empresa.
 
O Sindgasista continua a apresentar contrapropostas para chegar a um acordo que não seja prejudicial à categoria e um novo encontro já está agendado para a próxima semana, com a participação da assessoria técnica do sindicato.
 
Para a presidenta do sindicato, Deise Capelozza, é necessária uma maior celeridade da empresa para que as negociações não se estendam ainda mais.
“Estamos pressionando porque acreditamos que essa negociação se arrasta para muito além do que é normal. Queremos fechar, mas nos faltam mais detalhes para ter segurança de um plano de saúde para ativos e aposentados que contemple as suas necessidades. O q u e n o s f o i a p r e s e n t a d o caminha para um avanço, o que pode nos dar mais segurança de
q u e s e r á a l g o q u e o f e r e ç a qualidade de vida a quem presta serviços e constrói o lucro da Comgás”, explica.
 
Assembleia com a categoria Sobre as cláusulas econômicas, o Sindgasista segue negociando tanto o dissídio de 2018, quanto o reajuste deste ano. Mas a contraproposta da empresa ainda
não foi apresentada e é aguardada para a próxima reunião.
 
O sindicato volta às bases entre os dias 23 e 27 de setembro para realizar assembleias informativas e prestar mais esclarecimentos sobre o processo de negociação.
 
NA GBD, INÍCIO DAS DISCUSSÕES TEM PROPOSTA DE ALTERAÇÃO NO PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS
 
Na primeira reunião com a direção da Gas Brasiliano Distribuidora, que aconteceu no último dia 6, na sede do sindicato, o Sindgasista conquistou o compromisso de a empresa fechar o próximo acordo por 24 meses, como foi o caso deste que se encerra neste ano.

As propostas na mesa por parte da companhia, porém, ainda não atendem as expectativas dos trabalhadores. Nossa grande preocupação fica por conta de mudanças no plano de cargos e
salários, que serão melhor detalhadas detalhadas e discutidas no próximo encontro.
 
A G B D também propôs que durante a vigência do acordo só fossem discutidas cláusulas econômicas, outro ponto que o sindicato deseja debater porque entende que, havendo interesse em debater cláusulas sociais, haveria abertura para este diálogo.

Em relação à pauta econômica, não houve proposta efetiva neste momento, até porque a GBD remete o diálogo ao ambiente do grupo Petrobras e teremos de aguardar esse retorno da empresa para avançar na questão.
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok