• (11) 3312-5299
SINDICATO DOS TRABALHADORES DA PRODUÇÃO, TRANSPORTE, INSTALAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE GÁS CANALIZADO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Negociações com a Comgás estabelecem proposta para apreciação dos trabalhadores em Assembleias

01/08/2017
A última rodada formal de negociação com os representantes da Comgás ocorreu no dia 28 de junho. Anteriormente, o Sindgasista já havia negado a proposta econômica apresentada pela empresa que consistia
em um reajuste de 3% para os salários e benefícios, por não contemplar o aumento real, a título da produtividade.
Nessa ocasião, o sindicato reafirmou que a proposta patronal deveria ser um conjunto englobando a reivindicação econômica e as demais cláusulas igualmente importantes para os trabalhadores gasistas.
O maior impasse para a construção de uma proposta compatível com as expectativas dos trabalhadores era a cláusula de política de emprego que a empresa queria modificar há muito tempo e que nesta campanha
se apresentou como principal ponto de embate entre as partes. Diante disso, sempre com a intenção de privilegiar a via negocial, o Sindgasista propôs a constituição de um grupo de trabalho com o objetivo
de discutir com mais profundidade a política de emprego, tendo inclusive acesso a dados que facultassem uma melhor análise desse assunto.
A proposição do Sindgasista foi aceita. A partir disso, de comum acordo as negociações oficiais foram suspensas e o grupo de trabalho passou a discutir a construção de uma cláusula de política de emprego que
pudesse contemplar os anseios de ambas as partes. Até que se chegou a uma proposta de parâmetros para essa cláusula que incluem um quadro mínimo de pessoal, indenização e algumas garantias.
Uma vez construídos esse parâmetros, a direção sindical realizou assembleias informativas em todos os locais de trabalho nos dias 24 e 25, com o objetivo de informar e ouvir os trabalhadores, de forma que
a intervenção do Sindgasista no grupo de trabalho fosse concluída, em alta sintonia com as expectativas da base e com o seu pleno respaldo.
A partir disso, a proposta foi aperfeiçoada tendo como foco uma nova política de emprego construída à luz da atual conjuntura econômica e a manutenção de todas as demais cláusulas do acordo coletivo
que terá validade por dois anos.
Destacamos a importância de um acordo coletivo com essa validade de dois anos, dentro de um cenário de grande instabilidade econômica, agravado pelas graves mudanças que ocorrerão a partir da vigência das novas regras introduzidas pela reforma trabalhista.
A proposta final foi consolidada na reunião de negociação do dia 31 de julho. O Sindgasista entende que o resultado final das negociações é digno de ser apresentado para aprovação dos trabalhadores em
assembleias nos dias 2, 3 e 4 de agosto. Veja o dia e horário da assembleia em seu local de trabalho, convoque os colegas e venha deliberar sobre o encerramento da Campanha Salarial Comgás 2017.

 
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok