• (11) 3312-5299
SINDICATO DOS TRABALHADORES DA PRODUÇÃO, TRANSPORTE, INSTALAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE GÁS CANALIZADO DO ESTADO DE SÃO PAULO

COMGÁS INVOCA METAS NÃO CONTRATADAS, REBAIXA E DEMITE TRABALHADORES

24/03/2017
O Sindicato lamenta mais essas ações da Comgás que resultam em afrontas contra os seus trabalhadores.

Todos os anos, quando entramos no período précampanha salarial, as empresas se lembram de efetuar demissões. Lamentavelmente, essa tem sido uma prática corriqueira.

Infelizmente, a Comgás tem se esmerado e inovou nessa prática e vem efetuando demissões em todos os meses do ano, independente da campanha salarial.

E agora, que na aferição das metas da PLR o resultado da empresa foi excelente, ela criou uma série de metas e premissas não contratadas com os trabalhadores, justamente para rebaixar as notas
de várias avaliações segundo sua conveniência.

Há pouco tempo, quando o Sindgasista defendia que cabia a si, como representante legal e legítimo dos trabalhadores, as negociações e o acompanhamento das metas, foi exatamente por prever
que essa situação ocorreria. Uma pergunta que não quer calar: “E agora, quem poderá nos ajudar?”. Quem irá conversar e enfrentar a Comgás? Onde está a Comissão? Quem questionará as metas não
contratadas, o rebaixamento artificial da avaliação dos trabalhadores sobre seu contrato de performance decorrentes da indisposição da empresa para pagar a todos a PLR excelente?

O Sindgasista tem absoluta certeza de que essas demissões têm o claro objetivo de dar um aviso aos trabalhadores que estão descontentes com os "arrarranjos” da empresa em relação à PLR. Às vésperas
da Campanha Salarial 2017, a empresa quer amedrontar para que não haja mobilização e sejamos fracos na defesa das nossas reivindicações. Entretanto, o que a Comgás desconsidera é que a dignidade
dos trabalhadores poderá se sobrepor ao medo, fazendo com que essa estratégia tenha um efeito contrário. Aguardemos o tempo.

A direção do Sindgasista entende que a Comgás cometeu uma ilicitude jurídica na criação de metas não contratadas. Estamos estudando junto ao nosso departamento jurídico e caso isso venha a se confirmar não tenham dúvidas que entraremos com mais uma ação na justiça.

Um aviso importante que devemos dar a todos os trabalhadores, neste momento de demissões desregradas, é que a Cláusula 41ª do Acordo Coletivo de Trabalho, sob o título “Aposentáveis”, garante o direito
de estabilidade a todos que estejam a um ano de se aposentar. E para que esse direito seja efetivo, o trabalhador nessas condições deve protocolar uma carta à empresa, comunicando a sua condição de pré-aposentadoria.

Quanto aos demais trabalhadores, a solidariedade, a disposição de luta e a proximidade com nossa entidade sindical é a resistência que devemos apresentar contra as ameaças e tentativas de afrontar os nossos direitos.

Fonte: Sindgasista
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok