• (11) 3312-5299
SINDICATO DOS TRABALHADORES DA PRODUÇÃO, TRANSPORTE, INSTALAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE GÁS CANALIZADO DO ESTADO DE SÃO PAULO

O que é nosso ninguém tira!”: unidos na campanha salarial Comgás

10/06/2016
Ocorreu nessa quarta, 8, a primeira rodada de negociação da Campanha Salarial Comgás 2016 em que o Sindgasista fez a defesa de toda a Pauta de Reivindicações.
Portanto, já entramos no período em que nossa atenção deverá estar focada na mobilização e na disposição de luta para a conquista das nossas reivindicações.
Antes dessa primeira rodada, o Sindgasista havia solicitado à empresa a carta de garantia da data-base e o início das negociações.
A Comgás encaminhou uma carta ao Sindgasista propondo essa primeira reunião e na mesma correspondência, a empresa alegou que a garantia da data-base seria discutida nessa rodada.
lhora do índice para reajustar o VA e VR e não aceitavam a implantação de um banco de horas, como desejava a Energisa.
Os trabalhadores discutiram e colocaram em prática um plano de lutas para superar esse impasse.
Fizeram uma mobilização de um dia, em 16 de maio e decidiram ir à greve por tempo indeterminado, a partir do dia 23 de maio, para derrotar a ideia do banco de horas.
Duas audiências na Gerência Regional do Trabalho foram agendadas, mas a Energisa não compareceu. No dia 23, quando os trabalhadores já haviam iniciado a greve, houve uma reunião no Ministério Público do Trabalho de Presidente Prudente para discutir o atendimento mínimo, visto tratar-se de serviço essencial. Na reunião, finalmente, com a greve paralisando os 23 locais de trabalho, a Energisa apresentou uma nova proposta em que retirou o banco
de horas. Vitória dos companheiros da Energisa que deram um show de organização
e mobilização. O reajuste dos salários ficou em, 9,4%, o VA e o VR foram reajustados em 9,91%.
A direção do Sindgasista esteve presente apoiando a mobilização dos companheiros da Energisa em nome da solidariedade que deve haver sempre entre companheiros em situações extremas das campanhas salariais e em outros momentos importantes em que estejam em risco os seus direitos, sua segurança ou os empregos.
Os gasistas também contaram com a mesma solidariedade quando de suas mobilizações na campanha salarial do ano passado e em outros momentos de sua história. Na verdade, a divisão por categorias profissionais e por base territorial é uma invenção para tirar a unidade,
dificultar a luta e às vezes até para opor os trabalhadores, o que só interessa ao capital. O mais importante é compreender que os que vendem o seu trabalho não importa onde e para quem
pertencem à classe trabalhadora.
Sem a garantia da data base, que é um procedimento de praxe, o Sindgasista solicitou Mesa Redonda que foi realizada em 24/05 na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), porém, a Comgás não compareceu. Em 01/06, um nova Mesa Redonda foi agendada, mas, no mesmo dia, a Comgás encaminhou ao Sindgasista a carta de garantia da data-base. O
problema foi resolvido e agora é todo gás na campanha salarial. E o nosso primeiro compromisso é comparecer à assembleia que será realizada no dia 10, em todos os
locais de trabalho, onde o Sindgasista informará os trabalhadores sobre suas impressões acerca da primeira rodada de negociações e também os informará sobre o Ato Público, convocado pela CUT contra as medidas já anunciadas pelo governo interino e suas das ameaças de corte de direitos.

Confira os locais e horários.
ASSEMBLEIAS NA COMGÁS:
 
LOCAL DIA HORÁRIO
Comgás Butantã 10/06/2016 07:00
Comgás Figueira 10/06/2016 07:30
Comgás Santo André 10/06/2016 09:00
Comgás Santos 10/06/2016 14:00
     
Comgás São José dos Campos 10/06/2016 14:00
Comgás Campinas 10/06/2016 14:00
     
Itaquera 10/06/2016 14:30
Jundiaí 10/06/2016 16:00
 
  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok