• (11) 3312-5299
SINDICATO DOS TRABALHADORES DA PRODUÇÃO, TRANSPORTE, INSTALAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE GÁS CANALIZADO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Mulheres da CUT mobilizadas contra o assédio moral e moral

15/01/2015

O Sindgasista esteve presente na reunião ampliada do Coletivo Estadual de Mulheres da CUT/SP, realizada no dia 18 de dezembro, para discutir um plano de ações para 2015, porque neste ano, a agenda feminista tem vários eventos, a começar pela Marcha Mundial de Mulheres que desenvolverá diversas ações durante todo ano a partir do 8 de Março. Além disso, ocorrerão os encontros estaduais e nacional de mulheres da CUT, precedendo os congressos estaduais e nacional da Central, em que serão eleitos os 50% de sindicalistas homens e mulheres que comporão as direções nos estados e nacional.

Durante a reunião, houve o painel “Comunicação e violações de direitos humanos nas instituições”, com a participação da advogada feminista Marina Ganzarolli, da assessora da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres de São Paulo, Vivian Mendes e da pesquisadora Raquel Moreno, da Rede Mulher e Mídia. Nas discussões, figuraram as preocupações com os absurdos e crescentes casos de estupros e de outras violências ocorridos nos trotes e festas universitárias e, paradoxalmente, em sua grande maioria nas dependências das universidades públicas. A Medicina, a Engenharia e a Arquitetura da USP e os vários campus da Unesp são campeões das denúncias.

Não à toa, foi aberta uma CPI na Assembleia Legislativa para ouvir denúncias e relatos desse tipo de ocorrência. O que mais impressiona é a omissão do governo do estado de São Pauloe a negligência de alguns reitores, professores e gestores dessas universidades.

Raquel Moreno falou sobre a reprodução dos modelos de exploração e discriminação veiculados pela mídia e sobre a necessidade de controle desses conteúdos pela sociedade.

A Secretaria da Mulher Trabalhadora da CUT/SP e outras entidades feministas continuarão acompanhando a CPI e alertam a população para que cobre das autoridades ações concretas e resultados para que esse tipo de violência seja definitivamente erradicada.

Saiba mais: ALESP - www.al.sp.gov.br e CUT-SP - www.cutsp.org.br

  Voltar
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok